Faltam duas semanas! O tempo passa rápido. Há coisa de meses estava a percorrer as magníficas paisagens da Serra da Estrela e do Gerês. Só que agora já se contam os dias para a quarta maratona. Este fim-de-semana foi tempo de rumar à EDP Meia Maratona de Coimbra, mais uma das provas da Running Wonders. O objetivo bem claro: fazer quilómetros a pensar na Maratona do Porto.

 

Foi também um dia para partilhar a estrada com a malta dos Titan Runners (para quem não sabe o grupo com que corro todas as quintas-feiras aqui no Porto). Juntou-se uma grande malta em Coimbra e fez-se a festa! Inicialmente a ideia era acompanhar o Bruno no seu objetivo de correr a prova a um ritmo de 4.33m/km, mas rapidamente me apercebi que essa seria uma tarefa difícil para quem anda a treinar para correr a maratona a 4.59m/km.

 

EDP Running Wonders - Meia Maratona de Coimbra
EDP Running Wonders – Meia Maratona de Coimbra

Primeiros kms da Meia Maratona de Coimbra em sprint

Os primeiros quilómetros são os mais fáceis, mas também aqueles que precisam de mais gestão! Quase sempre a descer da Universidade até às margens do Mondego, este é o troço da Meia Maratona de Coimbra onde se pode ganhar tempo para gerir. No entanto, se exageras, pagas a fatura mais tarde. Não posso dizer que tenha sido isso que aconteceu, mas de facto senti os efeitos de uma fase inicial muito forte. Os primeiros quatro quilómetros foram todos abaixo dos 4.30min/km.

 

A partir daí e até ao quilómetro 8 fomos um a puxar pelo outro sempre a gerir o ritmo, sem nunca abusar demais. Comecei nessa altura a sentir mais algumas dificuldades em acompanhar aquele ritmo e tive de tomar uma decisão. Apesar de saber que tinha capacidade para seguir num ritmo mais forte, acabei por optar por abrandar e fazer uma prova mais calma. Porquê? A Meia Maratona de Coimbra não é o meu objetivo final.

Gerir a pensar na Maratona

Ao longo dos últimos meses tenho trabalhado arduamente num objetivo: correr a minha quarta maratona e tentar baixar das 3h30. É um desafio grande, que tem envolvido muito dedicação, muito suor e acima de tudo muitos quilómetros. Por isso mesmo não podia deitar tudo a perder pela ânsia de um resultado melhor na Meia Maratona de Coimbra. 1h40 foi provavelmente um dos meus piores resultados em meias-maratonas dos últimos tempos, mas foi um excelente resultado para o objetivo maior.

 

Lembro-me que exactamente duas semanas antes da Maratona de Madrid cometi esse mesmo erro. Quando fui correr a Meia Maratona de Ílhavo, sentia-me muito bem fisicamente e quis dar tudo numa prova que não deveria servir a mais nada do que fazer quilómetros. Nesse dia fiz um tempo muito bom, mas fisicamente acabei por pagá-lo nas calles de Madrid. Saí de Ílhavo com um bom tempo, mas também com uma dor na anca que durou até poucos dias antes da maratona.

 

Desta vez segui à risca o plano e não me deixei levar pela adrenalina da prova. Abrandei, segui num ritmo confortável e segui até à meta.

Calor e Humidade Foram duros

Mesmo com a mente na maratona não posso dizer que tenha sido uma prova fácil. Sim, corri num ritmo moderado, mas a verdade é que em alguns momentos tive dificuldades em manter o ritmo. O calor e a humidade que se fizeram sentir em Coimbra dificultaram o dia e deram muito trabalho à cabeça que teve de se impôr ao físico para manter o esforço até à meta.

 

O resultado final bem longe da 1h29 conseguida no ano passado, mas ainda assim a sensação de dever cumprido. O Bruno acabou um pouco à minha frente (acabou por sofrer dos mesmos males que eu). Com a chegada foi tempo de aguardar pelo final da prova dos outros Titans. O primeiro o Manel que me surpreende a cada semana com melhorias a olhos vistos (novo recorde pessoal a 1h48!). Depois o Marcos que também está de olho na sua primeira maratona, a Luísa, a Benedita e a Maria (que prepara a maratona, mas a de Valência).

Resultado Meia Maratona de Coimbra

Tempo Oficial: 1h41m51s

Tempo Chip: 1h40m16s

Classificação Geral: 277º

Classificação Masculinos: 259º

Classificação Escalão (Seniores Masculinos): 67º

 

Abranda o ritmo e não te esqueças de me deixar o teu comentário