Correr…A corrida tornou-se em algo indispensável na minha vida, um verdadeiro estilo de vida. Qualquer coisa é “desculpa” para eu dizer que adoro cada vez mais correr (ao ponto de criar este blog, vejam lá a maluqueira!). Foi por isso que hoje resolvi reunir cinco das principais razões que me fazem continuar a correr dia após dia.

 

Corrida Ao ritmo de uma vida saudável

 

Como já muitos de vocês sabem a corrida entrou na minha vida numa altura em que lutava contra o excesso de peso e a procrastinação. Tudo era desculpa para ficar no sofá, de preferência com um pacote de bolachas na mão…com manteiga!

 

Hoje as coisas estão bastante diferentes e hoje mais do que dois dias sem correr, nem que sejam 5km para esticar as pernas, já parece que há algo que está em falta. Correr tornou-se indispensável no meu dia-a-dia.

 

A corrida entrou na minha vida para me mudar os hábitos desportivos, para me dar mais energia e para me pôr a andar ao ritmo de uma vida saudável.

 

Multi-tasking emocional

 

Muitas pessoas podem até não conseguir perceber, mas eu vejo na corrida o melhor tónico anti-stress do mundo. A verdade é que não há nada que me deixe mais relaxado depois de um dia de trabalho do que uma série de kms ao longo da marginal de Gaia e do Porto para desanuviar e esvaziar a cabeça de problemas.

 

Também costumo dizer que ao longo dos kms que faço na estrada aproveito muito do tempo na estrada para pensar em muita coisa:

 

  • Em primeiro lugar é perfeito para largar os problemas do trabalho
  • A corrida é um excelente momento de brainstorming. Nas alturas em que estou a correr dou por mim a ter uma enxurrada de criatividade. Acho que também porque tenho tempo para realmente pensar.
  • Por fim também é uma ótima altura para tomar decisões. Sabem aquelas decisões que vamos adiando ad aeternum? Pois essas mesmos aquelas que sabemos que temos de tomar mas estamos sempre a deixar para outro dia.

 

Amigos

 

A corrida trouxe-me muitos amigos e espero que me possa a trazer ainda mais. Uma das coisas que me faz querer participar em provas, grupos de corrida como os Titan Runners, é a exactamente a possibilidade de ter companhia para os treinos, para as provas, mas também para partilhar experiências, conhecimento e acima de tudo passar bons momentos.

 

Um bom exemplo daria o grande fim-de-semana que foi o da Maratona de Madrid (parte 1 e 2) que juntou um excelente grupo que se foi encontrando aqui e ali para grandes momentos de partilha que encerraram com um excelente jantar de celebração no Sublime!

 

Correr também é muito isto…conviver e partilhar!

 

Desafio

 

Desafiar-me tem sido sempre uma constante desde que comecei a correr. Desde logo começar a correr foi também um grande desafio, para mais uma daquelas pessoas que sempre disse que detestava correr (onde é que eu já ouvi isto?). Chegar aos primeiros 5km, aos primeiros 10km, depois à primeira meia-maratona e por fim a maratona. Todos estes passos foram possíveis porque quis sempre desafiar-me. Não quis estagnar e sempre ambicionei mais.

 

Fundamentalmente é este constante desafio que me faz manter o foco, a vontade de sair à rua e fazer mais um treino. Quero e acredito que consigo fazer melhor e isso é o maior combustível que alguém que quer correr pode arranjar. Não corro pelas medalhas, não corro pelos prémios, não corro pelas t-shirts…corro porque quero sempre mais e levar o meu corpo a novos limites que nem eu acreditava serem possíveis.

 

Viajar! Perder países!

 

E por fim viajar. Tem sido graças a estas andanças das corridas que tenho andado um pouco por esse Portugal fora. Também é isto que me move. A oportunidade de conhecer lugares onde geralmente não escolheríamos ir…conhecê-los muitas vezes de uma perspectiva runner e ficar com a vontade de voltar para conhecer melhor.

Agora depois de Madrid a vontade é pelo menos fazer uma prova por ano no estrangeiro e aproveitar as oportunidades para conhecer novas cidades. Qual será o próximo? Ainda não sei. Mas acho que não tarda vou ter que começar a pensar nisso. Londres, Paris, Berlim, Atenas, Roma, Nova Iorque, Boston, Chicago…são muitas as cidades que estão na longa lista de locais a visitar e correr. Vamos com calma que o objetivo é correr durante muitos e muitos anos, portanto vou ter tempo para fazer check em muitas delas (ou quem sabe todas).

Resumindo e concluindo…

Haveria muitas mais razões que poderia encontrar para justificar esta minha panca pela corrida. Mas ficam aqui as cinco principais:

 

  • Vida saudável
  • Anti-stress
  • Desafio
  • Amizade
  • Viagens

 

E vocês o que vos motiva a correr? Digam-me tudo nos comentários. Fico à espera dos vossos achegas!

2 Comentários

  • Pedro Sousa

    Concordo com tudo. Mas para mim amigos e Multi-tasking emocional são os principais. A nível competitivo ou não gosto mais do trail. Parabéns pelo blog.

    • runticasrunadmin

      Olá Pedro, muito obrigado pelo comentário 🙂

Abranda o ritmo e não te esqueças de me deixar o teu comentário